Noticias

UE permitirá que membros proíbam gás gasoduto russo PEJAKOMUNA


A União Europeia elaborou uma proposta legislativa para autorizar os estados membros a proibir as empresas russas e bielorrussas de reservarem capacidade em gasodutos no bloco, numa tentativa de reduzir ainda mais a ingestão de gás russo pela UE.

De acordo com um relatório do Financial Times, a proposta incluirá também o acesso aos terminais de GNL da UE.

A proposta surge em meio a apelos para proibir as importações russas de GNL, mesmo que estas tenham atingido um recorde este ano.

Outro aspecto da legislação sobre jangadas é permitir que as empresas europeias que têm contratos existentes com empresas de gás russas ou bielorrussas se livrem das suas obrigações contratuais sem terem de pagar as respectivas penalidades, de acordo com uma fonte anónima de Bruxelas que falou ao FT.

De acordo com o documento, ao qual o Financial Times teve acesso, os membros da UE serão autorizados a “limitar parcial ou, quando justificado, completamente” o acesso à infra-estrutura aos operadores de gás da Rússia e da Bielorrússia “quando necessário para proteger os seus interesses essenciais de segurança”.

Até agora, este ano, o fornecimento de gás gasoduto russo à União Europeia registou uma tendência significativamente inferior à do ano passado. De acordo com o Banco VTB da Rússia, a média diária para este ano poderá acabar por ser de apenas 21 mil milhões de metros cúbicos, o que representa uma queda de cerca de 66% em relação ao ano passado. Seria também uma queda de seis vezes em relação a 2021, disse também o banco, citado pela Reuters.

De acordo com os dados do Eurostat citados pelo FT, as importações de gás russo no terceiro trimestre deste ano representaram 12% do total, o que, embora substancialmente inferior à quota de mais de 40% que o gás russo tinha antes da guerra na Ucrânia, ainda não é um quantidade insignificante.

O Parlamento Europeu deverá votar hoje a nova legislação sobre gás, com a aprovação formal pelos Estados-Membros a seguir. A UE estipulou que deveria acabar com todas as importações de petróleo, gás e carvão russos até 2027.

Por Irina Slav para Oilprice.com

Mais leituras importantes de Oilprice.com:

Guerra

Hello, I'm Guerra, the voice behind this blog. I am a passionate Writer, dedicated to sharing my knowledge and experiences with you. I've been Writing Megazine Blog for 5 years, and I'm passionate about bringing you informative and engaging content on macdonnellofleinster. My mission is to Create Information. I believe that it can. Feel free to contact me via [email protected] with any questions or collaborations. Thank you for visiting my blog, and I hope the content is enjoyable and informative! Follow me on Social Media for more updates and insights on News Articles. Warm regards, Guerra

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button