Noticias

Ivanka Trump deve testemunhar em caso de fraude, decide juiz PEJAKOMUNA


Fonte da imagem, Imagens Getty

Legenda da imagem,

Os advogados de Ivanka Trump já argumentaram contra ela tomar posição no caso civil de Nova York

Ivanka Trump terá de testemunhar num caso de fraude empresarial contra o seu pai e irmãos, decidiu um juiz de Nova Iorque.

Anteriormente, ela havia tentado não tomar posição, argumentando que havia se mudado da cidade e se afastado da Organização Trump.

Mas o juiz Arthur Engoron disse que ela ainda mantém laços com os negócios e imóveis de Trump em Nova York.

Ele já decidiu que Donald Trump inflou o valor das suas propriedades para garantir empréstimos favoráveis.

O julgamento se concentra em seis outras alegações feitas no processo, incluindo falsificação de registros comerciais, fraude de seguros e conspiração.

Os réus negam as acusações.

Os promotores argumentaram que a Sra. Trump tem informações importantes para compartilhar sobre o caso.

Na sua decisão de sexta-feira, o juiz Engoron apoiou os procuradores, escrevendo: “A Sra. Trump claramente aproveitou o privilégio de fazer negócios em Nova Iorque”.

Ele citou documentos que mostram que ela ainda tinha vínculos de propriedade ou gestão com algumas empresas em Nova York e que ainda possui apartamentos em Manhattan.

Os advogados de Trump argumentaram que ela não tinha base legal para testemunhar, uma vez que deixou a Organização Trump em 2017 e desde então mudou-se para a Florida.

Enquanto isso, os advogados estaduais argumentaram que a Sra. Trump foi uma participante importante em alguns dos eventos examinados no caso.

A juíza Engoron disse que o seu testemunho não será agendado antes de 1 de Novembro para dar aos seus advogados tempo para recorrer da decisão.

No início deste ano, Trump foi rejeitada como réu no caso de fraude civil por um tribunal de apelações de Nova Iorque, que decidiu que as acusações contra ela estão excluídas ao abrigo do estatuto de limitações do estado.

O caso de fraude civil foi movido contra o ex-presidente pela procuradora-geral de Nova York, Letitia James, que é democrata.

James está pedindo US$ 250 milhões (£ 205 milhões) em multas e restrições severas para os negócios de Trump.

Trump, o principal candidato à nomeação republicana nas eleições de 2024, considerou o caso politicamente motivado e uma “farsa”.

Espera-se que ele e seus filhos tomem posição no caso em algum momento.

Guerra

Hello, I'm Guerra, the voice behind this blog. I am a passionate Writer, dedicated to sharing my knowledge and experiences with you. I've been Writing Megazine Blog for 5 years, and I'm passionate about bringing you informative and engaging content on macdonnellofleinster. My mission is to Create Information. I believe that it can. Feel free to contact me via [email protected] with any questions or collaborations. Thank you for visiting my blog, and I hope the content is enjoyable and informative! Follow me on Social Media for more updates and insights on News Articles. Warm regards, Guerra

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button